Retificação fiscal: 6 formas de evitar problemas

Retificação fiscal: 6 formas de evitar problemas

Você sabia que existe a possibilidade de retificação fiscal em caso de informações incorretas durante o preenchimento de documentos contábeis? No entanto, para que possa ser realizada e, assim, evitar possíveis multas à empresa, é necessário que seja efetuada em conformidade com as normas da legislação.

Ainda mais importante do que realizar a retificação fiscal é preciso ter ciência dos erros mais comuns ao preencher documentos e saber como evitá-los. Conheça seis formas de escapar dos problemas neste procedimento:

1. Adquira um software de gestão

Evitar erros que levem à necessidade de retificação fiscal através de correções é o primeiro passo para otimizar sua gestão fiscal. Com um bom software de gestão, é possível monitorar as obrigações e realizar a retificação fiscal em casos de erros. Assim, o gestor tem controle de todas as obrigações da empresa, conseguindo realizar auditorias periódicas para ter certeza de que tudo está certo, de maneira rápida e prática. Dessa forma, você consegue evitar possíveis multas impostas pelo fisco.

2. Estabeleça a relação entre base de cálculo, alíquota e imposto

É necessário saber exatamente como funciona o cálculo dos impostos incidentes, conforme o regime tributário adotado, e relacionar corretamente a alíquota e a base de cálculo. Erros nesse sentido geram valores divergentes aos valores reais dos tributos.

Um sistema fiscal permite que as relações entre esses três termos e os cálculos sejam efetuados seguindo parâmetros definidos, evitando assim a necessidade de retificação fiscal.

3. Evite equívocos na hora de totalizar as NF-e

Devido ao grande número de notas fiscais emitidas diariamente, são comuns os erros na hora de totalizar os valores. Quanto mais integração a empresa tiver entre os processos, menores serão as chances de falhas no controle de emissões de NF-e.

Com um sistema fiscal bem integrado, que seja alimentado constantemente por dados relevantes (fretes, valores unitários, quantidades e assim por diante), fica bem mais fácil evitar problemas com o volume de notas fiscais eletrônicas.

4. Registre o código de origem de cada produto

A função do SPED é a melhor integração do fisco com a empresa e a identificação de falhas, principalmente daquelas que podem ser consideradas como sonegação.

Ainda são comuns erros na compatibilidade entre o código de origem e a alíquota do produto. Para evitar isso,  é necessário manter atualizado o cadastro tributário de cada produto — tarefa que um sistema de gestão fiscal pode ajudar a efetuar facilmente.

5. Mantenha-se atualizado sobre a legislação tributária

Fala-se muito na velocidade com que acontecem alterações na legislação tributária. Sendo assim, é comum que aconteçam erros por ignorância ou desconhecimento. Seja como for, se o gestor deseja evitar multas, terá que efetuar a retificação fiscal.

Mantendo-se sempre atualizado sobre as mudanças nas normas e regulamentos, o gestor evita perdas financeiras e de tempo. Entre essas possíveis mudanças, podemos citar: extinção de alguma NCM ou uma nova relação entre um código específico e uma nova alíquota do IPI ou de outro imposto.

6. Evite falhas e extravios na sequência da documentação emitida

O procedimento para a escrituração das NF-e canceladas não é o mesmo usado pelo SPED fiscal para emitir notas. Porém, em função da rapidez para preencher e entregar as obrigações dentro do prazo, o gestor pode cometer erros na contagem de sequência das notas.

Falhas cometidas na ordem das notas emitidas ou canceladas podem resultar na omissão das notas auferidas, sendo necessária a retificação fiscal para não se comprometer com o fisco.

Você e sua equipe já tiveram problemas com alguns desses erros? Recorre à retificação fiscal com frequência? Então, procure a Auditto, temos uma equipe especializada pronta para solucionar seu problema.

Agora, se você já utiliza um bom software de gestão fiscal para reduzir ao máximo a margem de falhas, como o Auditto, fique tranquilo que você está no caminho certo. Se ainda não tem, entre em contato conosco.

Post by Andressa Moraes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0
0
image
https://www.auditto.com.br/wp-content/themes/hazel/
https://www.auditto.com.br/
#26ade4
style1
paged
Carregando...
/home/auditto/www/
#
on
none
loading
#
Sort Gallery
on
no
yes
off
off
off